Poemas no e-mail

24 de outubro de 2015

Sendo imbecil!


Eu enfim, pus-me esta meta:
- Desejo assim, ser melhor que isto
que sou hoje, e fim! 
Ao menos mais que um inseto!

Não sendo profeta e nem cometa,
Sei não ser estrela nem atleta,
Distante de perfeito, sou incompleto!

Escolha não me resta!
Pego da caneta e risco um verso,
Aperto um parafuso, franzo a testa.
Faço uma faxina na oficina, 
Me rabisco em linha reta...
Rascunho de obra-prima que nunca se pariu!
Natimorto feto!

Ergo obeliscos... 

Hoje, enfim, pus-me esta meta!
Ser melhor que isto que sou eu...

O dia em que me vi sendo imbecil!