Poemas no e-mail

2 de maio de 2009

Alguma pergunta?

Assim encerraram a última palestra educativa antes de eu vir para este mundo.
Na verdade, nesta hora, estava bem desatento, mas com minha velha timidez, fiquei com vergonha de dizer que não tinha entendido bulhufas do que o cara de branco terminara de dizer.
Na verdade, cheguei bastante atrasado, e dizem que este é um dos grandes problemas que se tem hoje em dia com a medicina moderna prolongando a vida de tantas pessoas.
Nem pude descansar, fui para um curso intensivo, tinha que rever todos os conceitos da vida moderna. Assumo que não li o livro inteiro, são muitas folhas e numa linguagem difícil demais, mas me emprestaram uma apostila que resumia bastante o conteúdo, disseram que não perdia a essência, era isso o que mais importava para mim.
Colei nos exames, mas o que importa... O fato é que estou aqui mais uma vez...

Antes de receber minha tarefa, pergunto para os amigos mais próximos e exponho minha situação. Eles estão na mesma barca furada... Não optaram por isso, não participaram conscientemente das decisões... Foram, e continuam indo...

Quem os comanda, qual o controle... Isso tudo eles sabem que existem, assim como eu, mas tão distantes de mudarem algo nas regras da estrutura do sistema, que acabam por respirarem fundo, baixarem a essas terras e iniciarem o processo da busca por sobrevivência.

Mas quando começo a pensar essas coisas, começo a ficar muito cansado, deve ser algum mecanismo de controle interno que envia sinais de estímulo contrário para interromperem minha linha de raciocínio. Não me importa, sei que hoje, essas linhas devem estar interrompidas, pois nunca cheguei tão longe no desenvolvimento dessas lembranças.

Agora começa a vir mais claro... o homem de branco...
A palestra... as aulas todas...
Eu chegando atrasado...
O livro cansativo...
Entorpeceram-me...
Xcxadlkançlfhnça~f[/
a//açsp[q
q

~sf[´l
agora, começa a vir amis cro
a lapestra..> as lutasssss todas
O livro cansativo
Entorp.................................
...........
Alguma pergunta?